A alegria do acordeão.

Ana Sofia Campeã é uma multifacetada acordeonista do panorama musical a nível nacional e internacional.


Saiba mais
Festival de Acordeão

Um evento preparado
para o surpreender.


+ info

Reviver o Acordeão
Vivendo o Folclore
Biografia
DE "MENINA DO ACORDEÃO", A ARTISTA PREMIADA

Frequentou o Curso Geral de Acordeão no Instituto de Música Vitorino Matono, tendo como Professor Vitorino Matono. Terminou o Conservatório em julho de 2004. Cedo começou a ter uma presença ativa em programas de Rádio de Norte a Sul do país, tendo sido uma delas muito importantes, em 1993 foi apurada para a finalíssima do programa da Voz de Lisboa da Rádio Renascença “lugar aos novos” de Fernando de Almeida, gravando assim o primeiro CD juntamente com outros artistas. Aos 9 anos de idade estreou-se a nível televisivo no programa “A filha da Cornélia” da RTP1, começando a ser conhecida pela descontração a tocar e pelo sorriso sempre presente!

No Algarve participou em várias Galas Internacionais de Acordeão

Com 11 anos em 1994, faz a sua primeira apresentação a nível internacional na Suíça

No mesmo ano obtém o 1.º lugar no Concurso Nacional de Acordeão em Lisboa, sem limites de idade. Ganha igualmente em 1995 o 1.º lugar no Concurso Nacional de Acordeão em Alcobaça na categoria de Júnior Popular Ligeiro. 

A nível discográfico grava a sua 1.ª cassete em 1994, a 2.ª em 1995, a 3.ª em 1996 e a 4.ª em 1998 com o seu 1.º CD. Em 2009 grava músicas com Bambs Cooper, NAU e Rozett. Em 2010 grava o álbum “signo solar” com os Flor de lis e em 2012 o álbum “Killing tale” com os The Godspeed Society.

Fez inúmeras entrevistas em Jornais e Revistas Nacionais e Internacionais tais como: Nova Gente, Correio da Manhã, Tal e Qual, Badaladas, A Avezinha, O Carrilhão, A comarca, O clarim de Macau (Macau), A voz de Portugal (Canadá), Diário do Sul, Ribatejo, O correio do Ribatejo, Planeta Acordeão, Accordeon Magazine, A Família Cristã, Fórum Estudante, Alvaiazerense, entre muitos outros.

Em 1996, atua ao longo de todo o mês de abril em Macau com outros artistas como Dom Vicente da Câmara, Carolina Tavares e Luís Tomar.

Com apenas 13 anos de idade, participa no 46º Troféu Mundial de Acordeão, onde obtém o 7.º lugar na categoria Varieté, categoria sem limite de idade. Termina o ano de 1996 com uma semana plena de atuações em Luxemburgo.

Em 1997 na França participa nos IX Reencontros Europeus de Acordeão, com dezenas de acordeonistas de toda a Europa. Em 2000 é novamente convidada, o que lhe deu a possibilidade de participar igualmente em programas de rádio e televisão na França.

Em 1998 obtém o 1.º lugar no concurso o Corridinho em Setúbal, com o corridinho “o teimoso” do autor e seu professor Vitorino Matono.

Em Portugal foi a 1ª Acordeonista a fazer espetáculos com microfones sem fios, dando início a uma nova era do espetáculo em Acordeão.

Ainda em 1998 revoluciona novamente, sendo a 1ª Acordeonista a tocar em Portugal com o Acordeão do Futuro “Cavagnolo – ODYSÉE”, apresentado em público um novo reportório carregado de frescura e animação com tudo o que há de mais popular na música popular/tradicional portuguesa. 

Em 1999 sobe ao palco do Coliseu dos Recreios em Lisboa, como artista convidada para a grande Noite do Fado, com transmissão em direto para a RTP 1, RTP internacional e RTP África. Em 2000 participa novamente mas desta vez pisando o palco tanto do coliseu de Lisboa como o coliseu do Porto.

No ano de 2000 é considerada a acordeonista que seguramente mais Festivais de Acordeão organiza de Norte a Sul do país com acordeonistas nacionais e internacionais. 

No mesmo ano “bate” o seu recorde de espetáculos, com participação ativa em Festivais de Acordeão organizados por si, Festas de Povoações, Tasquinhas, Feiras Gastronómicas, Galas, Concertos, etc.

Ainda em 2000 e com apenas 17 anos de idade, é convidada pelo seu professor Vitorino Matono para dirigir a Orquestra Juvenil do Instituto de Música Vitorino Matono, convite esse que lhe deu grande honra e alegria, dirige esta orquestra desde 2000 a 2006.

Em junho de 2001 tem espetáculos marcados nos Estados Unidos da América, nas grandiosas festas do dia de Portugal. Ainda a nível internacional, em agosto do mesmo ano tem espetáculos marcados para o Canadá, no 13º Carrefour Mondial de L’ Accordéon.

Em 2003 dirige a Orquestra Sénior no I.M.V.M. a convite do professor Vitorino Matono.

Em 2004, termina o conservatório e é professora no Instituto Musical Vitorino Matono.

Em 2006 termina o Bacharelado no Curso de Professores de Educação Musical do Ensino Básico, diploma atribuído pela Escola Superior de Educação de Setúbal, que confere o direito ao grau de Bacharel em Animação Musical e em Ensino de Educação Musical do 1º ciclo do E.B.

Em 2006 é presidente de Júri dos exames práticos oficiais de acordeão no I.M.V.M.

Ainda no mesmo ano é artista convidada para atuar no encontro nacional de Acordeão, concertinas e harmónica na Madeira e é artista convidada para um YouthPass, organizado pela Directorate-General for Education and Culture by European Commission, que teve lugar no Chipre em 2006.

Em 2007 termina a Licenciatura (4 anos) no Curso de Professores de Educação Musical do Ensino Básico, diploma atribuído pela Escola Superior de Educação de Setúbal, que confere o direito ao grau de licenciada em ensino e à correspondente habilitação profissional para lecionação da disciplina de Educação Musical do E.B.

No mesmo ano tem alunos a participar no Concurso Nacional de Acordeão em Alcobaça na categoria de Iniciados, tendo o seu aluno César Marinho obtido o 1º lugar nesta categoria.

Em 2008 dirige o Projeto de sua autoria “Reviver o Acordeão Vivendo o Folclore” em Peniche, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Peniche. É um projeto que conta com a presença de cerca de 30 alunos de diferentes idades e grupos musicais que ao sábado se deslocam para aprender e aperfeiçoar a arte de tocar acordeão. 

No mesmo ano é ainda professora em Moscavide e faz igualmente parte do corpo docente da Orquestra Ligeira da freguesia do Bárrio em Alcobaça, orquestra essa da qual é Madrinha.

De 2009 a 2013 integra o projeto The Godspeed Society.

De 2009 a 2011 integra o projeto Flor de lis

Em 2009 vence com os Flor de lis o Festival da canção RTP e representa Portugal na Eurovisão em Moscovo.

Em 2011, recebe diploma de mérito artístico e cultural pela Junta de Freguesia de São Jorge de Arroios, a sua freguesia berço.

De 2011 até à atualidade integra o projeto Simple Piano Bar.

Em 2013 termina o Mestrado em Ciências da Educação, área de especialização em Animação Sociocultural e Inclusão, diploma atribuído pela Escola Superior de Educação Almeida Garrett, que confere o grau de Mestre com a qualificação final de muito bom.

Em 2013 integra o projeto A Graphonola.

Ana Sofia Campeã já tocou em algumas das maiores salas e espaços culturais:
Coliseu de Lisboa e Porto, Cinema Mundial, Teatro Maria Matos, Tivoli, São Jorge, Parque Mayer - Maria Vitória, Malaposta, Ritz Club, Politeama, Teatro da Luz, Pavilhão Carlos Lopes, Campo Pequeno, Auditório Beatriz Costa, Pavilhão Atlântico, FIL entre muitos outros.

 

Programas de Televisão:
  - A Filha da Cornélia (RTP)
  - Luzes da Ribalta (TVI)
  - Big Show Sic (SIC)
  - Praça da Alegria (RTP)
  - Os Principais (RTP)
  - Programa Fátima Lopes (SIC)
  - Grande Noite do Fado Lisboa/Porto (RTP)
  - Sic 10 horas (SIC)
  - Às duas por três (SIC)
  - A vida é Bela (TVI)
  - Querida Júlia (SIC)
  - Olá Portugal (TVI)
  - Portugal no coração (RTP)
  - Você na TV (TVI)
  - Somos Portugal (TVI)
  - Verão Total (RTP)
  - Festival da Canção (RTP)
  - Eurovisão (RTP)
  - Entre outros…

" A música é o tipo de arte mais perfeita:
nunca revela o seu último segredo. "

— Oscar Wilde

" A música é o vínculo que une a vida do espírito à vida dos sentidos.
A melodia é a vida sensível da poesia. "

— Ludwig van Beethoven

" A música expressa aquilo que não é permitido ser dito e aquilo que é impossível que se mantenha em silêncio. "

— Victor Hugo
Projetos
OS PRINCIPAIS TRABALHOS E COLABORAÇÕES

Reviver o Acordeão vivendo o Folclore


O projeto “Reviver o Acordeão vivendo o Folclore” foi elaborado pela Prof.ª Ana Sofia Campeã e surgiu no ano letivo de 2007/08 tendo como principal objetivo a valorização do património musical/cultural/etnográfico através de várias atividades e de uma formação musical dos acordeonistas que façam parte de ranchos folclóricos, ou que pretendam pertencer, usufruir, vivenciar, experimentar e tirar um maior partido na exploração do Acordeão, a fim de se combater a tendência para a desertificação instrumental nos grupos folclóricos.

Flor-de-Lis


Ana Sofia Campeã integrou de 2009 a 2011 o projeto Flor-de-Lis cuja raiz assenta na música popular portuguesa, mas que se quer disponível para diversas "contaminações" de outros continentes, sendo desde já evidentes a América Latina e África. 

Em 2009 vence com os Flor-de-Lis o Festival da canção RTP e representa Portugal na Eurovisão em Moscovo.

Em 2010 grava o álbum “Signo Solar” com os seguintes artistas:
Daniela Varela - Voz
Paulo Pereira - Sopros
José Camacho - Guitarras
Jorge Marques - Guitarra, Cavaquinho
Ana Sofia Campeã - Acordeão
Rolando Amaral - Baixo
Pedro Marques - Percussão

The Godspeed Society


Ana Sofia Campeã integrou de 2009 a 2013 o projeto The Godspeed Society, uma banda lisboeta que aliou a música a outras formas de arte - como a literatura, o cinema, o teatro e a banda desenhada – e criaram deste modo um universo à parte, como se comprova pelo seu primeiro albúm "Killing Tale", composto por um cd e um livro. A mistura de sons diferenciados garantiu a presença da banda em diversos e importantes palcos nacionais como a Malaposta, Carlos Paredes, Ritz Club, São Jorge, entre outros.

The Godspeed Society:

Baby (Silvia Guerreiro) - Voz
NoFace (Filipe Luís) - Baixo
Jack (Manuel Silva) -- Guitarra/teclado
Father Mac (Rolando Amaral) - Guitarra
Louie (Pedro Calhas) - bateria
Peggy (Ana Sofia Campeã) - Acordeão
Mr. Whistler (Paulo Pereira) -- Saxofone/Flauta

Simple Piano Bar


Projeto musical criado em 2004 por Gustavo Teixeira (piano) e Vera Ferreira (voz), conta com a participação de Rui d'Andrade e Nuno Faria (contrabaixo), Tiago Romão (bateria) e Ana Sofia Campeã (acordeão). SWING-JAZZ com Repertório de musicais BROADWAY, Standards intemporais (Frank Sinatra, Judy Garlanda, Ella Fitzgerald, ...), desde os anos 40 até versões Swing-Jazz de temas atuais. O projeto conta também com algum repertório musical do tão célebre cinema Português, onde Amália cantou os mais saudosos Fados.

A Graphonola


Ana Sofia Campeã integra em 2013 o projeto "A Graphonola" que surge no panorama musical português, como um desabafo á sociedade e aos dias que correm. Tem como base a música pop sempre acompanhada pela música tradicional portuguesa, passando por vezes pelo reggae, country, etc..."

Pedro Coelho - voz e guitarra acústica
Paulo Pereira - flauta, saxofone e guitarra acústica
Miguel Sequeira - guitarra eléctrica
Virgílio Gomes - cavaquinho
Rolando Amaral - baixo
Ana Sofia Campeã - acordeão
Pedro Zarcos - bateria

Rozett - Rosete Caixinha


Passeio p'las calçadas é um concerto acústico que surge em 2009, juntamente com a gravação de um single, para comemorar 10 anos das viagens musicais da artista Rozett que passaram por vários estilos e sonoridades. Um concerto com alguns dos seus originais e também temas que marcaram uma época da sua vida.

Rozett - voz
Milton Batera - guitarra acústica
Jeferson - percussão
Ana Sofia Campeã - acordeão
Lúcio Vieira - baixo

Galeria
As imagens de uma carreira
Pretende mais informações?
Festivais e Espetáculos
Organização de eventos de acordeão

Festival de Acordeão

Ana Sofia Campeã é seguramente a Acordeonista que mais Festivais de Acordeão tem organizado em Portugal.


Este tipo de espetáculo que sugerimos a:
- Comissões de Festas;
- Câmaras Municipais;
- Juntas de Freguesia;
- Grupos Desportivos;
- Clubes Recreativos;
- Tasquinhas;
- Feiras Gastronómicas;
- Tradicionais Leilões
- etc.






Contato
Solicite mais informações
Por favor indique o seu nome
Insira um e-mail válido
A mensagem não pode ser vazia

Telemóvel: 96 846 23 17
Email: anasofiacampea.acordeao@gmail.com
Web: www.anasofiacampea.pt